Aposte no Design Thinking para processos

por ViaFlow em 11/08/2016
0 comentários

Multidisciplinar, ágil, efetivo, focado no ser humano e muito usado para resolver problemas complexos de negócio. Estas são algumas das características do Design Thinking, um modelo baseado em pensamento criativo e crítico, muito usual na inovação e criação de novos produtos, mas que também pode ser usado para otimizar processos.

Se inovação e agilidade são palavras de ordem no mundo corporativo, de que maneira a sua empresa pode mudar ou se adaptar a este contexto? Nós acreditamos que ideias que geram lucro e apostas em novos métodos de fazer as coisas são um excelente começo, além de ser uma ótima oportunidade de fazer mais com menos e diferenciar-se dos concorrentes.

Convencionalmente, para mapear processos trabalha-se de forma horizontal, entendendo  cada um deles, contemplando o status atual e prevendo um cenário futuro ou revisado. Além de demorada, essas atividades envolvem muitas pessoas e no momento da automação, os processos, em sua maioria, já mudaram. Entendemos que precisamos ser mais rápidos para entender e resolver problemas e gargalos de negócio.

Com o Design Thinking é possível mapear os processos de forma vertical. Encontramos nele um método ágil, que atua de forma fragmentada, mas sem esquecer de olhar para o todo. Focado nas pessoas, incentivando-as a gerar novas ideias e soluções, possibilita uma entrega mais eficaz, na qual é possível experimentar, corrigir e aprimorar. Tudo ao mesmo tempo e agora.

Comece colocando o problema foco do processo no centro e pensando em soluções diversas para resolvê-lo. Escolha as melhores soluções e detalhe o plano de execução, identificando responsáveis, prazos e prioridades. Acompanhe as ações sempre conferindo se tudo está sendo feito olhando para o “norte”, ou seja, para o problema foco. Implemente. Execute todas essas etapas de forma cíclica até resolver os problemas de todos os processos. É assim que funciona.

O fato de estar centrado nas pessoas e contando com elas, faz do Desing Thinking uma ferramenta que está alinhada às tendências e ao momento das relações humanas: de atitudes mais pessoais e engajadoras. Quanto mais diversificado o time, maior o poder criativo. Não existe ideia absurda. Tudo deve ser considerado como uma possibilidade dentro do processo criativo e de revisão dos processos. É importante também criar um ambiente adequado para a equipe, que proporcione mais colaboração e produtividade.

Esta nova forma de trabalho, baseada no pensamento criativo, gera inovação fortalecida e direcionada, auxilia na eliminação de falhas e desperdícios, gera maior valor agregado, gera aumento de produtividade e competitividade e, além disso, pode abrir os olhos da sua empresa para novas oportunidades de negócio, de expansão e de parcerias. São muitos os motivos para permitir que a sua empresa pense fora da caixa.