atendente virtual

Atendentes Virtuais: como melhorar o atendimento ao cliente em até 5 vezes e ainda diminuir custos operacionais?

Compartilhe:

Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print

Muito provavelmente você já conheça e até já tenha interagido com um atendente virtual – também chamado de “chatbot”, certo? Afinal, no ano passado o Brasil atingiu a marca de mais de 100 mil bots criados, de acordo com o  Mapa do Ecossistema Brasileiro de Bots. Esse cenário se torna ainda mais convidativo ao constatarmos que com a ajuda de outra tecnologia, de fácil implementação, é possível atingir um atendimento até 5 vezes melhor e mais rápido, além de reduzir custos operacionais. 

 

Essa melhoria pode ser alcançada com a união de chatbot com RPA (Robotic Process Automation), uma ferramenta que permite robotizar qualquer processo de negócio repetitivo, garantindo um atendimento ao cliente completamente automatizado, de ponta a ponta – desde a conversação via WhatsApp, através de linguagem humanizada, até as consultas e registros em sistemas de uso interno, como, por exemplo, ERP, CRM, Internet Banking, entre outros! 

 

Com a implementação de um projeto com essas duas tecnologias – que pode ser concluído em poucas semanas, variando conforme a complexidade dos processos  atinge-se:

         1.Escalabilidade para atendimento 24 horas e 365 dias por ano sem pagamento de horas extras

        2.Redução no TMA (Tempo Médio de Atendimento), uma vez que os robôs trabalham até 5 vezes mais rápido que os humanos;

        3.Padronização e maior qualidade de tratamento às solicitações dos clientes, já que não existem falhas operacionais envolvidas. 

 

Esses benefícios, quando alinhados, atendem as expectativas da maioria das pessoas durante a transformação digital na qual estão inclusas. De acordo com a Chatbot Magazine, 69% dos consumidores entrevistados preferem atendimento via chatbots pela sua capacidade de fornecer respostas rápidas a perguntas simples. Outro dado importante é que, segundo pesquisa realizada pela Oracle50% dos entrevistados de um grupo de clientes esperam que uma empresa esteja aberta 24 horas, 7 dias da semana.  

 

Em relação aos softwares, atualmente a maioria das plataformas de RPA já possuem recursos para criar e implantar os chatbotsQuando a funcionalidade não é nativa do software, é possível realizar as devidas integrações via API ou Webservice – serviço web para conexão de duas ou mais soluções. Por existir a facilidade de integração, também é comum reaproveitar robôs já existentes na organização – aqueles que estão apoiando determinadas áreas sob demanda como colaboradores virtuais – para conectá-los ao chatbot e atender diretamente o cliente final, como por exemplo, no processo de emissão de segunda via de boletos; consulta de status do pedido e da entrega; ou ainda a realização e envio de um orçamento de vendas. 

 

Diante dgrande número de bots implementados, já avançamos muito com a experiência prática, o que nos permitiu aprimoramos as soluções. Hoje conhecemos as principais estratégias e caminhos para uma implantação mais assertiva 

 

          – Utilizar linguagem natural, através de Inteligência Artificial, para entregar maior compreensão e fluidez ao cliente final; 

          – Analisar o histórico e jornada de atendimento ao cliente, a fim de entender profundamente as necessidades de cada negócio; 

          – Escolher boas plataformas técnicas para desenvolvimento da solução; 

          – Personificar o seu atendente virtual, nomeando-o de forma carismática, facilitando a sua inclusão no dia a dia da empresa e no contato ao cliente; 

         – E por fim, mas não menos importante, escolher um bom processo piloto como vitrine: apostando inicialmente em cenários mais simples, com grande volume de solicitações e alto valor agregado. 

 

Considerando que a maior parte do mercado vem adotando estratégias eficazes de Digital First – priorizando o primeiro contato com o cliente pelo meio digital – e também o uso de Hiperautomação – conceito que combina diversas tecnologias para automatizar uma esteira de negócio – é altamente recomendável a adoção de chatbots com RPA, para que sua empresa permaneça competitiva e atraente aos novos negócios que surgem todos os dias.  

Matheus Lopes

Matheus Lopes

Digital Solutions Manager
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print